Use o gengibre para desintoxicar o seu corpo e também para perder peso

De cara, já digo que se há algo que não pode faltar na sua casa, é o gengibre. A raiz, que contém propriedades anti-inflamatórias, anticoagulantes, antioxidantes e bactericidas, traz inúmeros e incontestáveis benefícios à saúde. Consumido do jeito certo, ele é capaz de:

  • Liberar enzimas que ajudam na digestão;
  • Atuar contra varizes e celulite (a planta melhora a circulação);
  • Combater distúrbios de saúde como náuseas, dor de cabeça, resfriados, diarreias e doenças reumáticas;
  • Controlar o colesterol;
  • Reduzir dores nas costas;
  • Desintoxicar o organismo;
  • Queimar gorduras e saciar a fome (o que ajuda na perda de peso).

Gostou? Nada mal, não?

Agora vamos as receitas:

E para explorar tudo o que o gengibre tem a oferecer, algumas receitas bastantes simples farão o serviço:

1 – Farinha de gengibre

Utilizando apenas 300 gramas de gengibre, corte a raiz em fatias finas e deixe secar na sombra por mais ou menos uma semana. Feito isso, utilize um liquidificador para fazer com que as fatias virem pó.

Consuma uma colher (sopa) por dia em sucos ou refeições.

2 . Água de gengibre

Durante a noite, encha uma jarra ou recipiente com 2 litros de água e acrescente um pedaço que tenha torno de 6 cm de raiz de gengibre. Deixe a mistura descansar e na manhã seguinte acrescente algumas gotas de limão. Consuma toda a quantidade diariamente – pode ser no lugar da água comum.

3 – Vitamina potente

Ingredientes

  • Uma banana
  • Meio copo de iogurte natural desnatado (ou meio copo de kefir)
  • Suco de dois limões
  • 2 colheres (sopa) de linhaça
  • Uma colher (sopa) de óleo de coco
  • Meia colher (sopa) de gengibre ralado

Modo de preparo

De preferência de manhã – e de jejum – bata todos os ingredientes no liquidificador e consuma assim que a mistura estiver pronta.

Fique alerta

Existe uma ‘polêmica’ em volta do gengibre na qual é dito que, assim como a canela, ele pode fazer com que a pressão arterial aumente. E embora muitos hipertensos não confirmem a hipótese, é importante se informar com um médico. Precaução é essencial.

Fonte: Cura pela Natureza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*